Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/112
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1RODRIGUES, Luis Reginaldo Ribeiro-
dc.date.accessioned2021-02-09T09:21:35Z-
dc.date.available2021-02-09T09:21:35Z-
dc.date.issued2013-09-26-
dc.identifier.citationARANHA, Rúbia Conceição. Potencial de toxicidade dos herbicidas Glifosato e Imazetapir em Colossoma macropomum (PISCES). Orientador: Luís Reginaldo Ribeiro Rodrigues; Coorientador: Ruy Bessa Lopes. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/112. Acesso:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/112-
dc.description.abstractThe aquatic environment is one the most impacted environment due to human pressure. The agriculture practice, strongly dependent of agrotoxic compounds, has shown as important source of environmental contamination. The use of fishes as sentinel species is a common procedure for investigation of genotoxic potential of aquatic pollutants. In the present study we analyze the mutagenic and genotoxic potential of the herbicides Imazetapir and Glifosato on blood cells of tambaqui, Colossoma macropomum. Juvenile tambaqui were exposed to three sub lethal concentrations of Glifosato: C1 (1/50 CL50 = 1,86 mg.L-1), C2 (1/100 CL50 = 0,93 mg.L-1) e C3 (1/1000 CL50 = 0,093 mg.L-1). The toxic effects of these molecules had been availed based on acute toxicity test (CL50-96hs) and micronucleus and comet assays. The CL50-96hs of Imazetapir was observed at concentration of 185 mg.L-1, while Glifosato was 92,90 mg.L-1. The treatment C1 showed increasing of micronucleated cells after seven days exposure and DNA damage after five to seven days from the experiment starting. Both herbicides were classified as little toxic but presents potential risk to aquatic life.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectTeste de Micronúcleopt_BR
dc.subjectEnsaio Cometapt_BR
dc.subjectTeste de toxicidade agudapt_BR
dc.subjectColossoma macropomumpt_BR
dc.titlePotencial de toxicidade dos herbicidas Glifosato e Imazetapir em Colossoma macropomum (PISCES)pt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0153249163917584pt_BR
dc.contributor.advisor-co1LOPES, Ruy Bessa-
dc.description.resumoO ambiente aquático é um dos ambientes que mais vem sofrendo impactos causados pela ação humana. A atividade agrícola, fortemente dependente do uso de agrotóxicos, tem se mostrado uma importante fonte de contaminação desse meio. O uso de peixes como espécie sentinela tem sido um procedimento comum para investigação dos efeitos genotóxicos de poluentes aquáticos. Neste trabalho foi analisado o efeito tóxico dos herbicidas imazetapir e glifosato em alevinos de tambaquis, Colossoma macropomum, através do teste de toxicidade aguada (CL50-96hs). O valor da (CL50-96hs) determinado para o imazetapir foi de 185 m.L-1, enquanto para glifosato foi de 92,90 mg.L-1. O potencial mutagênico e genotóxico do glifosato foi avaliado em juvenis de tambaqui expostos a três concentrações sub-letais do glifosato: C1 (1/50 CL50 = 1,86 mg.L-1), C2 (1/100 CL50 = 0,93 mg.L-1) e C3 (1/1000 CL50 = 0,093 mg.L-1). O tratamento C1 mostrou aumento das células micronucleadas após 7 dias de exposição e aumento nos danos ao DNA após 5 e 7 dias do inicio do experimento. Ambos os herbicidas foram classificados como pouco tóxicos, mas apresentam risco potencial a vida aquática.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS BIOLÓGICASpt_BR
dc.subject.linhadepesquisaGENÉTICA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADEpt_BR
dc.creatorARANHA, Rúbia Conceição-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PotencialdeToxicidadedosHerbicidas.pdf1,03 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons