Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/116
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1FADINI, Rodrigo Ferreira-
dc.date.accessioned2021-02-09T12:19:01Z-
dc.date.available2021-02-09T12:19:01Z-
dc.date.issued2016-05-
dc.identifier.citationCASTRO, Arlison Bezerra. Influência do manejo florestal madeireiro de impacto reduzido sobre a assembleia de morcegos em uma floresta tropical chuvosa no baixo Rio Amazonas. Orientador: Rodrigo Ferreira Fadini; Coorientador: Luis Reginaldo Ribeiro Rodrigues. 2016. 33 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2016. Disponível em: Acesso:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/116-
dc.description.abstractTropical forests, which concentrate the largest number of species of terrestrial ecosystems, are rapidly disappearing because of land-use changes. Logging is one of the main threats. Reduced Impact Logging - RIL techniques have been considered for mitigating the impacts of logging on wildlife. We used a Before-After-Control-Impact (BACI) design to evaluate the effects of RIL on bats, in two study sites located in a logging area in the west of Amazonia. Furthermore, we measured vegetation structure in each plot to relate with changes in bat assemblage. After 64 nights of sampling effort, we captured 719 individuals of 36 species, 24 genera and four families (Phyllostomidae, Molossidae, Mormoopidae and Thyropteridae). The main species caught were Carollia spp., Artibeus lituratus, Lophostoma silvicolum, A. obscurus, Tonatia saurophila, Phyllostomus elongatus, Lonchophylla thomasi and A. planirostris. For the richness, abundance or composition of bat species in the short term, the impact area did not suffer major changes than the control area. However, bat composition changed between years (P = 0,002). Nevertheless, the relationship between abundance and vegetation structure variables (canopy opening and vegetation clutter) changed within the areas, between the years of sampling, suggesting that changes in species composition between years can be responsible for these changes. This is the first study using a BACI design for evaluating the effects of logging on bats. Our results suggest that Reduced Impact Logging did not have a significant effect on the abundance and composition of understory bats in the short term. Monitoring is needed to evaluate the long-term effect of RIL on those assemblagespt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectFloresta tropicalpt_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.subjectMFIRpt_BR
dc.subjectEstrutura da vegetaçãopt_BR
dc.subjectMorcegospt_BR
dc.titleInfluência do manejo florestal madeireiro de impacto reduzido sobre a assembleia de morcegos em uma floresta tropical chuvosa no baixo Rio Amazonaspt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7168221871892774pt_BR
dc.contributor.advisor-co1RODRIGUES, Luis Reginaldo Ribeiro-
dc.description.resumoAs florestas tropicais, que concentram a maior riqueza em espécies dos ecossistemas terrestres, estão desaparecendo rapidamente conforme as mudanças no uso da terra e a exploração da madeira é uma das principais causas. Técnicas de Manejo Florestal de Impacto Reduzido (MFIR) têm sido consideradas para mitigar os impactos da exploração sobre a biodiversidade. Nós usamos o desenho experimental Antes – Depois – Impacto – Controle (ADIC), para avaliar os efeitos da MFIR, sobre morcegos, em duas áreas amostrais localizadas em uma área de exploração madeireira no Oeste da Pará. Além disso, medimos a estrutura da vegetação em cada parcela, para se relacionar com as mudanças na assembleia de morcegos. Após 64 noites de esforço amostral, nós capturamos 719 indivíduos de 36 espécies, 24 gêneros e quatro famílias (Phyllostomidae, Molossidae, Mormoopidae e Thyropteridae), nos dois módulos. As espécies mais abundantes no estudo foram Carollia spp., Artibeus lituratus, Lophostoma silvicolum, Artibeus obscurus, Tonatia saurophila, Phyllostomus elongatus, Lonchophylla thomasi e Artibeus planirostris. Para a riqueza, abundância ou composição das espécies de morcegos, em curto prazo, a área impactada não sofreu maiores alterações que a área controle. No entanto, para composição, houve mudança entre os anos (P = 0,002). No entanto, a relação entre a abundância e variáveis de estrutura da vegetação (abertura do dossel e obstrução da vegetação) mudou dentro das áreas, entre os anos de amostragem, o que sugere que mudanças na composição de espécies entre anos podem ser responsáveis por essas mudanças. Este é um dos primeiros estudos usando um desenho experimental (ADIC), para avaliar os efeitos da exploração madeireira sobre morcegos. Nossos resultados sugerem que exploração de impacto reduzido não tem um efeito significativo sobre a abundância e composição de morcegos de sub-bosque em curto prazo. O monitoramento é necessário para avaliar o efeito de longo prazo de RIL nessas assembleias.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRApt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoESTUDOS E MANEJOS DOS ECOSSISTEMAS AMAZÔNICOSpt_BR
dc.creatorCASTRO, Arlison Bezerra-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InfluenciadoManejoFlorestal.pdf1,14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons