Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1179
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1BARBOZA, Myrian Sá Leitão-
dc.date.accessioned2023-11-09T20:36:06Z-
dc.date.available2023-11-09T20:36:06Z-
dc.date.issued2022-02-16-
dc.identifier.citationVALENTE, Belliny Marrone. Saberes, vivência e ancestralidade: dinâmicas de aprendizados e continuidade nas práticas de curas entre benzedeiro(a)s e curandeiro(a)s de Monte Alegre - PA. Orientadora: Myrian Sá Leitão Barboza. 2022. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso ( Antropologia) – Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2022. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1179pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1179-
dc.description.abstractIn the Amazon we have an expressive number of healers, faith healers, handlers, shamans, midwives, fathers a nd mothers of saints, who are very important personalities for those who seek spiritual help. Healers and healers are recognized for the work with medicinal herbs and prayers that were passed on to them during their process of initiating healing practices. This dynamic of transfers takes place through the enchanted caboclos, by people close to them or revelations. Therefore, this Course Conclusion Work aimed to carry out an analysis of the dynamics of healing practices and learning through the hands of healers of African origin religion, in the city of Monte Alegre-PA and to understand how these practices occur in the lives of people who are starting this activity, especially as the older ones are thinking about the interest of the younger ones. In addition to talking about how the process of transmission of knowledge takes place with those who are starting in the field of healing and blessing. The methodology developed was to carry out oral history and ethnography with the research interlocutors, who are references in the field of healing and blessing in the city of Monte Alegre, being Maria Guiomar, Lindalva Borges, Ubiraci Pinon, Pai Jackson Valente, Maria da Conceição and Little Father Kisse Leivas. It is, therefore, a work on the dynamic processes of sharing the know-how of healers and healers. and ancestors. As a result, I noticed a strong performance of the younger ones who are in a constant learning process, as relationships are established with the older ones, the learning dynamics become continuous in relation to healing practices. I also emphasize that the process of learning and initiation between the interlocutors are similar and form a web of relationships that involve symptoms in the body with the manifestation of entities, ancestral strength and inspiration from the elders. Just like the gira, which messes with our bodies and has no end, it is just pulled over and is on the lookout for the next beginning, the teaching-learning process between healers and faith healers is like a cycle that is being passed on between generations and involves body and ancestry.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 PDFpt_BR
dc.subjectTransmissão de saberespt_BR
dc.subjectPráticas de curapt_BR
dc.subjectBenzimentopt_BR
dc.subjectReligiões de Matriz Africanapt_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.titleSaberes, vivência e ancestralidade: dinâmicas de aprendizados e continuidade nas práticas de curas entre benzedeiro(a)s e curandeiro(a)s de Monte Alegre - PApt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5351637692688894pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4827055067722362pt_BR
dc.contributor.advisor1ORCIDhttps://orcid.org/0000-0002-6712-7386pt_BR
dc.description.resumoNa Amazônia temos uma quantidade expressiva de curandeiros, benzedeiros, puxadores, pajés, parteiras, pais e mães de santo, que são personalidades importantíssimas para os que buscam ajuda espiritual. Os curandeiros e benzedeiros são reconhecidos pelo trabalho com ervas medicinais e orações que lhes foram repassadas durante seu processo de inicialização das práticas de cura. Essa dinâmica de repasses se dá através dos caboclos encantados, por pessoas próximas ou revelações. Portanto, este Trabalho de Conclusão de Curso teve como objetivo realizar uma análise das dinâmica de práticas e aprendizagem de cura pelas mãos de benzendeiro(a)s curandeiros(as) da religião de matriz africana, na cidade de Monte Alegre-PA e entender como essas práticas ocorrem na vida das pessoas que estão se iniciando nesta atividade, sobretudo, como os mais velhos estão pensando o interesse dos mais novos. Além de dialogar sobre como se dá o processo de transmissão dos saberes com os que estão iniciando no ramo da cura e benzimento. A metodologia desenvolvida foi a realização de história oral e etnografia com os interlocutores da pesquisa, que são senhores e senhoras referências no âmbito da cura e benzimento na cidade de Monte Alegre, sendo eles(as) Maria Guiomar, Lindalva Borges, Ubiraci Pinon, Pai Jackson Valente, Maria da Conceição e Pai pequeno Kisse Leivas. Trata-se, pois, de um trabalho sobre os processos dinâmicos de compartilhamento do saber fazer dos curandeiros(a)s e benzedeiro(a)s.a Este estudo funcionou como uma verdadeira gira, pois mexeu com as estruturas vivenciadas pelos interlocutores, reativando suas memórias afetivas e ancestrais. Como resultado percebi forte atuação dos(as) mais jovens que estão em constante processo de aprendizagem, conforme as relações vão se estabelecendo com os mais velhos, as dinâmicas de aprendizados se tornam contínuas em relação a práticas de cura. Também destaco que o processo de aprendizagem e de iniciação entre os(as) interlocutores(as) se assemelham e formam uma teia de relações que envolvem sintomas no corpo com manifestação das entidades, força ancestral e inspiração dos mais velhos. Assim como a gira, que mexe com nossos corpos e não tem fim, apenas é encostada e fica à espreita para um próximo começo, o processo de ensino aprendizagem entre curandeiro(a)s e benzedeira(a)s é como um ciclo que vai sendo repassado entre as gerações e envolve corpo e ancestralidade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programOtherspt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ:: CIÊNCIAS HUMANASpt_BR
dc.creatorVALENTE, Belliny Marrone-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências da Sociedadept_BR
Appears in Collections:ICS - TCC - Bacharelado em Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_SaberesVivenciaAncestralidade.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.