Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1185
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.date.accessioned2023-11-10T20:51:03Z-
dc.date.available2023-11-10T20:51:03Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationSilva, Jaqueline Portal da; Pimentel, Márcia Aparecida da Silva; Jardim, Mário Augusto Gonçalves. A influência das variáveis socioeconômicas sobre as ocorrências de febre chikungunya no município de Belém, Pará, Brasil. In.: Paper do Naea, Belém (PA), v. 1, n. 2, edição/série 482. 2020. ISSN 1516-9111. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1185. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.issn15169111pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/1185-
dc.description.abstractIn the large urban centers of developing countries intensification of rural-urban migration, increasing population density, disorderly urbanization, urban poverty, poor sanitation, inefficiency of public health policies have favored the emergence of arboviruses. The present study aims to analyze the income and population density conditions with the occurrences of Chikungunya fever in Belém do Pará, from 2016 to 2018. The variables were analyzed based on descriptive statistics, from which average were determined. , standard deviation, coefficient of variation, median, minimum and maximum. The temporal analysis identified an increase in the number of occurrences over the evaluated period. Regarding spatial distribution, there is the expansion and maintenance of disease outbreaks in certain neighborhoods. Pearson's correlation found an association between occurrences of Chikungunya fever and the demographic density variable in 2017, which resulted in a weak but significant linear regression.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.relation.ispartofPaper do Naeapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.sourcePDFpt_BR
dc.subjectFebre Chikungunyapt_BR
dc.subjectInfecções por arbovíruspt_BR
dc.subjectDoenças tropicaispt_BR
dc.titleA influência das variáveis socioeconômicas sobre as ocorrências de febre chikungunya no município de Belém, Pará, Brasilpt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.description.resumoNos grandes centros urbanos de países em desenvolvimento intensificação da migração do campo para cidade, o aumento da densidade demográfica, a urbanização desordenada, a pobreza urbana, as condições sanitárias precárias, a ineficiência das políticas públicas de saúde tem favorecido a emergência das arboviroses. O presente estudo tem o objetivo de analisar as condições de renda e densidade populacional sobre as ocorrências de febre Chikungunya em Belém do Pará, no período de 2016 a 2018. As variáveis foram analisadas com base em estatísticas descritivas, a partir das quais foram determinadas média, desvio padrão, coeficiente de variação, mediana, mínimo e máximo. A análise temporal identificou aumento no número de ocorrências ao longo do período avaliado. Quanto à distribuição espacial observa-se a expansão e a manutenção de focos da doença em determinados bairros. A correlação de Pearson identificou associação entre as ocorrências de febre Chikungunya e a variável de densidade demografia, em 2017, que resultou em uma regressão linear fraca, porém significativa.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programNot applicablept_BR
dc.creatorSilva, Jaqueline Portal da-
dc.creatorPimentel, Márcia Aparecida da Silva-
dc.creatorJardim, Mário Augusto Gonçalves-
Appears in Collections:ICTA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_InfluenciadasVariaveisSocioeconomicas.pdf424,25 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons