Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/135
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1SCOLES, Ricardo-
dc.date.accessioned2021-02-10T19:58:37Z-
dc.date.available2021-02-10T19:58:37Z-
dc.date.issued2015-07-15-
dc.identifier.citationMATOS, Caio Barros. Diversidade e usos de quintais agroflorestais da comunidade São Domingos, Floresta Nacional do Tapajós, Belterra – PA. Orientador: Ricardo Scoles. 2015. 81 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/135. Acesso:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/135-
dc.description.abstractHomegardens are diverse Agroforestry systems with multiple uses, among many, food security, income aid, traditional medicine. This study aimed to survey the biodiversity, uses and functions of agroforestry homegardens at the community of São Domingos, within and around the Floresta Nacional do Tapajós, in Belterra, Pará. Its theoretical and methodological grounds are founded on etnoecology, defined as multidisciplinary science based on a cross-relation of concepts from biology and anthropology. A floristic inventory was conducted at 20 agroforestry homegardens resulting in 6930 individuals, 323 species and 66 families. A greater abundance and diversity was observed among tree species. Fabaceae (28), Lamiaceae (16), Euphorbiaceae (14) and Arecaceae (13) were the richest families, among flowering plants. These homegardens have high diversity of species, varying from 11 to 114, an average of 54.5 species per garden. Shannon index ranged from 1.01 to 3.77, an average of 2.74 nats. Among multiple uses, food was the most common reply from interviewees. We conclude that homegardens of São Domingos are highly diverse thus contributing with local biodiversity conservation of are managed by women to ensure food security, and allows income generation and health promotion. These gardens promote quality of life for the community’s families.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.subjectBiodiversidadept_BR
dc.subjectComunidades tradicionaispt_BR
dc.subjectEtnoecologiapt_BR
dc.titleDiversidade e usos de quintais agroflorestais da comunidade São Domingos, Floresta Nacional do Tapajós, Belterra – PApt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5561160757243905pt_BR
dc.description.resumoQuintais são sistemas agroflorestais diversificados com múltiplos usos, dentre tantos, segurança alimentar, auxilio na renda, medicina tradicional. O presente estudo teve por objetivo analisar a biodiversidade, usos e função dos quintais agroflorestais na comunidade de São Domingos, interior e entorno da Floresta Nacional do Tapajós, Belterra – PA. Utilizou-se a etnoecologia como base teórico-metodológica, definida como ciência multidisciplinar, baseada na interrelação dos conceitos da Biologia e Antropologia. Foi realizado inventário florístico 100% em 20 quintais agroflorestais na comunidade, resultando em 6930 indivíduos, 323 espécies e 66 famílias. As espécies arbóreas apresentaram maior abundância e riqueza. As famílias com maior números de espécies foram Fabaceae (28), Lamiaceae (16), Euphorbiaceae (14) e Arecaceae (13). Os quintais possuem alta diversidade de espécies variando de 11 a 114 e média de 54,5 espécies. O índice de Shannon variou de 1,01 a 3,77 com média de 2,74 nats. Dentre a multiplicidade de usos a alimentação foi a mais citada pelos entrevistados. Conclui-se que os quintais de São Domingos são altamente diversos contribuindo com a conservação da biodiversidade local, manejados em sua maioria por mulheres para garantir a segurança alimentar, possibilitando a geração de renda e promoção da saúde. Estes quintais promovem qualidade de vida para as famílias da comunidade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRApt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoBIOPROSPECÇÃO E MANEJO DE RECURSOS NATURAISpt_BR
dc.creatorMATOS, Caio Barros-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DiversidadeeUsodeQuintais.pdf1,35 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons