Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/182
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1OLIVEIRA JUNIOR, Raimundo Cosme de-
dc.date.accessioned2021-02-12T18:50:46Z-
dc.date.available2021-02-12T18:50:46Z-
dc.date.issued2012-03-28-
dc.identifier.citationAGUIAR, Diego Ribeiro de. Evapotranspiração em uma floresta submetida a manejo florestal. Orientador: Raimundo Cosme de Oliveira Junior: Coorientador: Rodrigo da Silva. 2012. 61 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2012. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/182. Acesso:.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/182-
dc.description.abstractThe replacement of the stock of trees managed area over the years is widely studied, however, the recovery of forest biogeochemical cycles is poorly understood. Thus, the study aimed to verify the level of a forest evapotranspiration Forest, to assess the influence of exploitation on forest hydrology. The study area is located in the Tapajos National Forest (TNF; 3.017 S, 54.970 N), in Para state, a conservation unit with 6 × 105 ha area of tropical rainforest, with canopy height of vegetation 40 m, approximately 70 km south of the city of Santarem. The instrument platform was installed in June 2000, approximately 7 miles west of the entrance of 83 km from Cuiabá-Santarém Highway and 14 km east of the east bank of the Rio Tapajós. The 83 km area intended for forest management had its exploration activities commenced in 2001 around the tower. At 67 km there is a stretch of micrometeorological tower in unlogged forest, which will serve as the control area in the data analysis. Evapotranspiration was calculated using the Direct Method, the models Penman-Monteith and Priestley-Taylor, which were significantly different (ANOVA) for both sites. In the comparison among the areas the Direct Method was the only one who had higher averages for the 83 km, while the others had higher averages for the 67 km. We performed analysis of surface conductance (Cs), decoupling factor (Ω), which had higher values for the 67 km and aerodynamic conductance (Ca) was higher in the 83 km, which are significantly different according to Tukey 0, 05. The impact of the Activity Management designed a canopy cover of 10% according to the intensity of exploitation. In the analysis of growth after the management tree forest has a high rate of increase, and therefore the evaporation had no abrupt changes over three years after the activity. Thus, the variation of evapotranspiration for the 83 km did not change significantly after forest management activities.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectFloresta Manejadapt_BR
dc.subjectImpacto Reduzidopt_BR
dc.subjectVapor d’águapt_BR
dc.subjectColheita florestalpt_BR
dc.titleEvapotranspiração em uma floresta submetida a manejo florestalpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9241060544837430pt_BR
dc.creator.ORCIDhttps://orcid.org/0000-0003-4013-8664pt_BR
dc.contributor.advisor-co1SILVA, Rodrigo da-
dc.description.resumoA reposição do estoque arbóreo de área manejada com o passar dos anos é bastante estudada, contudo, a recuperação da floresta nos ciclos biogeoquímicos é pouco conhecida. Assim, o estudo teve como objetivo a verificar o nível de evapotranspiração de uma floresta Manejo Florestal, para avaliar a influência da exploração na hidrologia florestal. A área de estudo está localizada na Floresta Nacional do Tapajós (FNT; 3,017S; 54,970N), no estado do Pará, uma Unidade de Conservação com 6×105 ha de área de floresta tropical úmida, com dossel da vegetação de altura média de 40 m, a aproximadamente 70 km ao sul da cidade de Santarém. A plataforma instrumental foi instalada em junho de 2000, aproximadamente 7 km a oeste da entrada do km 83 da Rodovia Cuiabá-Santarém, e 14 km a leste da margem oriental do Rio Tapajós. A área do km 83 destinada ao manejo florestal teve suas atividades de exploração iniciada em 2001 próximo a torre. No km 67 existe uma torre micrometeorologica no trecho de floresta não explorada, que servirá como área controle na analise dos dados. A evapotranspiração foi calculada a partir do Método Direto, os modelos Penman-Monteith e Priestley-Taylor, os quais foram significativamente diferentes (ANOVA) para os dois sítios. Na comparação dentre as áreas o Método direto foi o único que teve médias superiores para o km 83, enquanto os outros tiveram maiores médias para o km 67. Foram realizadas analise da Condutância de superfície (Cs), Fator de desacoplamento (Ω), as quais obtiveram valores maiores para o km 67 e a Condutância aerodinâmica (Ca) foi maior no km 83, sendo estes diferentes significativamente de acordo com teste Tukey 0,05. O impacto da Atividade de Manejo projetou uma abertura de dossel de 10% de acordo com a intensidade de exploração. Na analise de incremento arbóreo após o manejo a floresta tem uma taxa de incremento elevada, e por isso, a evapotranspiração não teve alterações bruscas ao longo de 3 anos após a atividade. Dessa forma, a variação da evapotranspiração para o km 83 não teve mudanças significativas após a atividade de manejo florestal.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRApt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoPROCESSOS INTERAÇÃO DA BIOSFERA E ATMOSFERApt_BR
dc.creatorAGUIAR, Diego Ribeiro de-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EvapotranspiracaoemumaFlorestaSubmetida.pdf2,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.