Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/451
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1RODRIGUES, Luís Reginaldo Ribeiro-
dc.date.accessioned2021-03-09T22:52:57Z-
dc.date.available2021-03-09T22:52:57Z-
dc.date.issued2019-03-25-
dc.identifier.citationPEREIRA, Heveline Campos. Avaliação genotóxica e histológica em peixes (hyphessobrycon heterorhabdus) do igarapé Cararazinho expostos ao chorume da lixeira pública de Santarém – PA. Orientador: Luís Reginaldo Ribeiro Rodrigues. 2019. 73 f. Dissertação (Dissertação em Biociências) -- Programa de Pós-Graduação em Biociências, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/451 Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/451-
dc.description.abstractThe enormous garbage production is one of the major environmental issues in the present. The inappropriate discard and management of garbage give serious risks to the human and ecosystem health. The leachate, liquid produced by garbage decomposition, may contains harmful molecules that damage the genetic material, such as heavy metals and aromatic polycyclic hydrocarbon (APH). The present study goals to evaluate the genotoxic and histopathological effects of the leachate from Santarém Landfill Dump in fishes - Hyphessobrycon heterorhabdus. Micronucleus, erythrocyte nuclear abnormalities techniques and comet assay were conducted for the genotoxicity evaluation, while tissue injuries were assessed with gills and liver histological preparations. The fishes were exposed to leachate (10, 5 and 2%), to natural stream Cararazinho’s water and to 20ppm benzene. The genotoxicity biomarkers do not evidenced significant variation between exposed and control group (stream natural water). Gills and liver showed diverse types of tissue lesions. Therefore, under the light of these results we conclude that Cararazinho’s stream water, because receives leachate from the Santarém Landfill Dump, plays to the occurrence of genotoxic and tissue damages in fishes H. heterorhabdus.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectHistopatologiapt_BR
dc.subjectMutagênesept_BR
dc.subjectResíduos Orgânicospt_BR
dc.subjectLixopt_BR
dc.subjectPeixespt_BR
dc.subjectHyphessobrycon heterorhabduspt_BR
dc.titleAvaliação genotóxica e histológica em peixes (hyphessobrycon heterorhabdus) do igarapé Cararazinho expostos ao chorume da lixeira pública de Santarém – PApt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.affiliationPrograma de Pós-graduação em Biociênciaspt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2822874155263560pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0179590731086217pt_BR
dc.contributor.advisor1ORCIDhttps://orcid.org/0000-0003-2849-0382pt_BR
dc.description.resumoA enorme geração de lixo é uma das principais questões ambientais da atualidade. O descarte e tratamento inadequado do lixo oferecem sérios riscos para a saúde humana e dos ecossistemas. O chorume, líquido produzido pela decomposição do lixo, pode conter muitas moléculas potencialmente danosas para o material genético, tais como metais pesados e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (PHA). O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito genotóxico e histopatológico do chorume proveniente da Lixeira Pública de Santarém em peixes - Hyphessobrycon heterorhabdus. Foram realizadas as técnicas do micronúcleo, anormalidades nucleares eritrocitárias e ensaio cometa para a avaliação da genotoxicidade. Danos teciduais foram avaliados em preparações histológicas de brânquias e fígado. No laboratório, os peixes foram expostos ao chorume (10, 5 e 2%), água natural do igarapé Cararazinho, e benzeno 20ppm. Os biomarcadores de genotoxicidade não tiveram variação significativa entre os grupos expostos e água do igarapé, porém estes tratamentos evidenciaram danos genotóxicos. Os tecidos branquiais e hepáticos mostraram variados tipos de alterações morfológicas. Portanto, na luz dos dados obtidos conclui-se que a água do igarapé Cararazinho, ao receber descarga de chorume da lixeira pública de Santarém, contribui para a ocorrência de danos genotóxicos e teciduais em peixes das espécies H. heterorhabdus.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::HISTOPATOLOGIA::MUTAGÊNESE::RESÍDUOS ORGÂNICOSpt_BR
dc.subject.linhadepesquisaMUTAGÊNESE AMBIENTALpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoMUTAGÊNESEpt_BR
dc.creatorPEREIRA, Heveline Campos-
dc.publisher.departmentInstituto de Biodiversidades e Florestaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Biociências (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AvaliaçãoGenotóxicaeHistológica.pdf2,05 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons