Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/574
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1ALMEIDA, Thaís Elias-
dc.date.accessioned2021-07-05T00:04:53Z-
dc.date.available2021-07-05T00:04:53Z-
dc.date.issued2020-12-21-
dc.identifier.citationPAIVA, Darlem Nikerlly Amaral. Discriminação de espécies de samambaias neotropicais (Polypodiaceae): uma abordagem integrativa. Orientadora: Thaís Elias Almeida. 2020. 95 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade) - Programa de Pós-graduação em Biodiversidade, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/574. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/574-
dc.description.abstractThe combination of techniques capable of discriminating plant species that are difficult to circumscribe is essential to the proper understanding of biodiversity. The genus Microgramma C.Presl (Polypodiaceae), for example, due to the great complexity of forms associated with the wide area of occurrence, becomes a group highly suggestive to the taxonomic investigation. Thus, we aim to propose processes of discrimination in species of neotropical ferns through integrative tools of great interest in the taxonomic field. We used near-infrared spectroscopy (FT-NIR) in thirteen species (M. baldwinii, M. crispata, M. dictyophylla, M. geminata, M. lindbergii, M. lycopodioides, M. megalophylla, M. percussa, M. persicariifolia, M. reptans, M. squamulosa, M. thurnii and M. vacciniifolia) and morphometric analysis with four species (M. crispata, M. geminata, M. mauritiana, and M. vacciniifolia). These are important methods for the discrimination of botanical species in association with multivariate analyzes, such as Discriminant Analysis, cross-validations, Canonical Discriminant Analysis (CDA), and Cluster Analysis (CA). Based on multivariate analyzes, the morphometric technique supported the existence of all previously recognized taxa, as well as the Near-Infrared Spectroscopy (FT-NIR), with which we recovered more than 95% of correct prediction. Both applied techniques demonstrated a high potential for discrimination between the proposed species, demonstrating that the use of different approaches can favor clarification and discrimination between controversial groups.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectDiscriminação de espécies botânicaspt_BR
dc.subjectFT-NIRpt_BR
dc.subjectMorfometriapt_BR
dc.titleDiscriminação de espécies de samambaias neotropicais (Polypodiaceae): uma abordagem integrativapt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4415355420246177pt_BR
dc.description.resumoA combinação de técnicas capazes de discriminar espécies de plantas de difícil circunscrição é essencial para a compreensão da biodiversidade. O gênero Microgramma C.Presl (Polypodiaceae), por exemplo, devido à grande complexidade de formas associada à ampla área de ocorrência, torna-se um grupo altamente sugestivo à investigação taxonômica. Assim, temos por objetivo propor processos de discriminação em espécies de samambaias neotropicais por meio de ferramentas integrativas de grande interesse no campo científico taxonômico. Utilizamos a Espectroscopia no Infravermelho Próximo (FT-NIR) em 13 espécies (M. baldwinii, M. crispata, M. dictyophylla, M. geminata, M. lindbergii, M. lycopodioides, M. megalophylla, M. percussa, M. persicariifolia, M. reptans, M. squamulosa, M. thurnii e M. vacciniifolia) e análises morfométricas em quatro espécies (M. crispata, M. geminata, M. mauritiana e M. vacciniifolia). Estes são métodos importantes para a discriminação de espécies botânicas em associação com análises multivariadas, como Análise Discriminante, validações cruzadas, Análise Discriminante Canônica (ADC) e Análise de Cluster (AC). Com base em análises multivariadas, a técnica morfométrica suportou a existência de todos os táxons previamente reconhecidos, bem como a Espectroscopia no Infravermelho Próximo (FT-NIR), com a qual recuperamos mais de 95% da previsão correta. Ambas as técnicas aplicadas demonstraram um alto potencial de discriminação entre as espécies propostas, demonstrando que o uso de diferentes abordagens pode favorecer no esclarecimento e discriminação entre grupos controversos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS BIOLÓGICASpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoBIODIVERSIDADEpt_BR
dc.creatorPAIVA, Darlem Nikerlly Amaral-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências e Tecnologias das Águaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Biodiversidade (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DiscriminacaoDeEspecies.pdf2,91 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons