Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/57
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1MCGRAFT, David-
dc.date.accessioned2020-12-27T00:01:50Z-
dc.date.available2020-12-27T00:01:50Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationCORREA, Edinelson Saldanha. Simulação da vazão do Rio Tapajós utilizando modelo de swat com diferentes entradas pedológicas e climáticas. Orientador: David Mcgraft. Coorientador: Celso Bandeira de Melo Ribeiro. 2018. 127 f. Tese (Doutorado em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento) - Programa de Pós-graduação em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/57. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/57-
dc.description.abstractChanges in aquatic ecosystems generated by agriculture, livestock, logging, mining and hydroelectric dams have provided the degradation of natural resources, as well as changes in water resources and river systems. Thus, prior knowledge on the effect of variations of land use regarding the dynamics of waters in river basins are important to predict, mitigate and/or eliminate activities and interventions with negative impacts The Tapajós River Basin, which is one of the main Amazon basins, has several activities that degrades the environment along its extension such as livestock farming, agriculture and logging. In this context, hydrological models are important tools to assess the impact that different farming practices and different uses and occupations cause in the soil erosion and their influence on the flow of the rivers due to the local climatic conditions. This work aimed to show if the SWAT model can efficiently predict the flow of the Tapajós river basin, evaluating different (pedological and climatic) input databases. In this way, we conducted a survey of climatic data involving climatic data such as precipitation, maximum and minimum temperature, average wind speed, relative humidity, as well as geocartographic data such as land use and occupation, soil type and numerical terrain model, which were used for the characterization and delimitation of the hydrographic basin. Three fluviometric points were used: Acará dos Tapajós (17650002), Fazenda Tratex (1730000) and Jardim do Ouro (17675000) with series between 01/01/1999 and 01/01/2002. Two different pedological inputs - Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) and Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária(EMBRAPA) - and two inputs of climatic parameters - Instituto Nacional de Meteorologia(INMET) and Global Precipitation Climatology Project (GPCP) - were used in this thesis to determine which one would give results closer to those that were observed. In the simulation without calibration, the fluvial stations Acará dos Tapajós (17650002), Itaituba (17730000) and Jardim do Ouro (17675000), all values were overestimated but they followed the same trend of observed values, providing unsatisfactory values for PBIAS (Percentage of BIAS) and COE (Nasch - Sutcliffe Efficiency Coefficient), demonstrating therefore the need of model calibration for better results. In the determination of the hydrological parameters, the ones that presented greater influence on modeling according to the global sensitivity analysis were those directly related to surface and underground flows: CN2, RCHRG_DP, GW_DELAY and CH_N2. Among them, CN2 presented greater sensitivity and importance for determining the direct flow volume of the Tapajós river flow, i.e., the number of the initial curve for the humidity condition II for almost all combinations of input data. After calibration, the simulation using INMET-EMBRAPA climatic data resulted in values of COE (0.81, 0.86 and 0.79) considered very good and superior when compared to the other results of the simulations using the other inputs. This shows that the model has a good correlation with the actual data and, therefore, represents the hydrological behavior of the Tapajós river basin.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectSimulação de vazãopt_BR
dc.subjectSistemas de Informação Geográficapt_BR
dc.subjectSWATpt_BR
dc.subjectUso do solopt_BR
dc.titleSimulação da vazão do Rio Tapajós utilizando modelo de swat com diferentes entradas pedológicas e climáticaspt_BR
dc.typeThesispt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0344768485868201pt_BR
dc.contributor.advisor-co1RIBEIRO, Celso Bandeira de Melo-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3578245523901121pt_BR
dc.description.resumoAs mudanças nos ecossistemas aquáticos geradas pela agricultura, pecuária, extração madeireira, garimpagem e as barragens hidrelétricas, têm proporcionado a degradação dos recursos naturais, bem como modificações nos recursos hídricos e sistemas fluviais. Dessa forma, o conhecimento prévio do efeito das variações no uso do solo, sobre a dinâmica das águas em bacias hidrográficas, são importantes para prever, mitigar e/ou eliminar atividades e intervenções com impactos negativos. A bacia do rio Tapajós, uma das principais do sistema amazônico, possui em sua extensão diversas atividades degradantes ao meio ambiente, como a pecuária, agricultura e a extração de madeira. Nesse contexto, os modelos hidrológicos são importantes ferramentas para avaliar o impacto que diferentes práticas de agricultura e diferentes usos e ocupação causam na erosão do solo e sua influência na vazão dos rios em função das condições climáticas do local. O presente trabalho teve como objetivo mostrar se a modelo de SWAT é capaz de prever a vazão da bacia do rio Tapajós de forma eficiente, avaliando diferentes bases de dados de entrada (pedologicas e climáticas). Desta forma foram realizados levantamento de dados climáticos, tais como precipitação, temperatura máxima e mínima, velocidade média de vento, umidade relativa do ar e de dados geocartográficos, como uso e ocupação do solo, tipo de solo e modelo numérico de terreno, que serviram para caracterização e delimitação da área da bacia hidrográfica. Três pontos fluviométricos foram usados Acará dos Tapajós (17650002), Fazenda Tratex (1730000) e Jardim do Ouro (17675000) com séries entre 01/01/1999 a 01/01/2002, duas entradas pedológicas diferentes Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), e duas entradas de parâmetros climáticos Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e Global Precipitation Climatology Project (GPCP) foram utilizados nesta tese, na busca por qual delas originariam resultados mais próximos dos observados. Na simulação sem calibração, as estações fluviométricas Acará dos Tapajós (17650002), Itaituba (17730000) e Jardim do Ouro (17675000), todos os valores foram superestimados, entretanto seguiram a mesma tendência dos valores observados, gerando valores de PBIAS (Porcentagem de BIAS) e COE (Coeficiente de Eficiência de Nasch - Sutcliffe) insatisfatórios, demonstrando assim a necessidade da calibração do modelo para melhores resultados. Na determinação dos parâmetros hidrológicos os tiveram maior influência na modelagem segundo a análise de sensibilidade global, foram aqueles relacionados diretamente com os escoamentos superficial e subterrâneo, sendo eles: CN2, RCHRG_DP, GW_DELAY e CH_N2, entre eles o parâmetro apresentando maior sensibilidade e importância para determinação do volume de escoamento superficial direto da vazão do rio Tapajós foi o CN2, ou seja, o número da curva inicial para a condição de umidade II para quase todas as combinações de dados de entrada. Após calibrados, a simulação usando dados climáticos INMET-EMBRAPA, foram obtidos valores de COE (0.81, 0.86 e 0.79) considerados muito bons e superiores quando comparados com os demais resultados das simulações usando as outras entradas. Mostrando assim que o modelo possui boa correlação com os dados reais, portanto, representando o comportamento hidrológico da bacia do rio Tapajós.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS BIOLÓGICASpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoSOCIEDADE, NATUREZA E DESENVOLVIMENTOpt_BR
dc.creatorCORREA, Edinelson Saldanha-
dc.publisher.departmentInstituto de Biodiversidades e Florestaspt_BR
Appears in Collections:Teses em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento (Doutorado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_SimulaçãoDaVazão.pdf12,46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.