Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/605
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1MOURA, José Mauro Sousa de-
dc.date.accessioned2021-07-23T14:46:07Z-
dc.date.available2021-07-23T14:46:07Z-
dc.date.issued2019-02-22-
dc.identifier.citationCORRÊA, Viviane Vasconcelos. Influência do fogo na estrutura e dinâmica da vegetação arbustiva-arbórea em mancha de savana isolada na Amazônia Oriental. Orientador: José Mauro Sousa de Moura. 2019. 65 f. Dissertação (Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/605. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/605-
dc.description.abstractFire has caused changes in the populations and communities of savannas in Alter do Chão, through direct or indirect effects. However, it is not yet clear how the shrub-tree vegetation is affected, because monitoring studies had not been carried out until then. The objective of this study was to evaluate the structure of the shrub-tree vegetation submitted to different fire regimes in an isolated Amazon Savannah in Alter do Chão - PA. Simultaneously, to analyze the variations that occurred in this vegetation in the interval of ten years, considering the fire as main agent of change. The study area is located between the city of Santarém and the district of Alter do Chão, in the State of Pará. In 2008, two permanent plots of 1 ha each (100 x 100 m) were located in areas with defined as Savana with fire (SCF) and Savana without fire (SSF). A floristic inventory was carried out of the shrub-arboreal individuals with diameter at 1.30 cm of soil (DBH) ≥ 10 cm, and these plots were evaluated again in 2018 for analysis of vegetation dynamics. Another 12 rectangular plots of 10 x 250 m (0.25 ha) were installed and all shrub-tree individuals with height from 2 meters and diameter to 30 cm from the soil (D30) from 5 cm were measured. In each of these plots, an area of 1 m x 250 m was delineated, where individuals with 5 cm <D30 ≥ 2 cm were sampled. The main result was that the fire regime significantly influenced the current structure of the shrub-tree vegetation, reducing the density and basal area of the individuals. It can be said that 45% of the current density and 44% of the basal area are explained by the number of fires occurred. The species diversity was different between the analyzed areas and between the evaluated periods, but was generally smaller for SCF and larger for SSF. The density and basal area were higher in SSF than in SCF in both evaluated periods. Mortality rates exceeded recruitment rates in the Alter do Chão savannah in both SCF and SSF, which resulted in a negative balance between these rates. This imbalance did not interfere with the occurrence of species with high density and good survival, which were able to stand out and dominate the environment. In 2008, the species Salvertia convallariodora, Himatanthus drasticus, Anacardium occidentale, Byrsonima crassifolia and Vatairea macrocarpa were the most important species, while in SSF the species Salvertia convallariodora, Qualea grandiflora, Pouteria ramiflora, Byrsonima crassifolia and Handroanthus sp. were the most important. In 2018, the species Salvertia convallariodora, Himatanthus drasticus, Anacardium occidentale, Byrsonima crassifolia and Byrsonima coccolobifolia were the most important species, while the species Salvertia convallariodora, Qualea grandiflora, Pouteria ramiflora, Byrsonima crassifolia, Tachigali vulgaris, Himatanthus drasticus, Xylopia aromatica and Simarouba amara were the most important. Considering the structure observed in SCF and SSF in 2008, despite the changes, the studied communities showed high stability, maintaining their structure and diversity of species over time.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectAlter-do-Chão (PA)pt_BR
dc.subjectMudanças estruturaispt_BR
dc.subjectFitossociologiapt_BR
dc.subjectIncêndiospt_BR
dc.titleInfluência do fogo na estrutura e dinâmica da vegetação arbustiva-arbórea em mancha de savana isolada na Amazônia Orientalpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2132191733817750pt_BR
dc.description.resumoO fogo tem causado mudanças nas populações e comunidades dos organismos da savana em Alter do Chão, por meio de efeitos diretos ou indiretos. Entretanto, ainda não está claro como a vegetação arbustiva-arbórea é afetada, porque estudos de monitoramento não haviam sido realizados até então. O objetivo desse estudo foi avaliar a estrutura da vegetação arbustiva-arbórea submetida a diferentes regimes de fogo em uma mancha de Savana Amazônica em Alter do Chão - PA. Simultaneamente, analisar as variações que ocorreram nessa vegetação no intervalo de dez anos, considerando o fogo como principal agente de mudança. A área de estudo está localizada entre a cidade de Santarém e o distrito de Alter do Chão, no Estado do Pará. Em 2008, foram alocadas duas parcelas permanentes de 1 ha cada uma (100 x 100 m), localizadas em áreas com ocorrência de fogo distintas, definidas como Savana com fogo (SCF) e Savana sem fogo (SSF). Foi realizado inventário florístico dos indivíduos arbustivos-arbóreos com diâmetro a 1,30 cm do solo (DAP) ≥ 10 cm, e essas parcelas foram avaliadas novamente em 2018 para análise da dinâmica da vegetação. Outras 12 parcelas retangulares de 10 x 250 m (0,25 ha) foram instaladas e todos indivíduos arbustivos-arbóreos com altura a partir de 2 metros e diâmetro a 30 cm do solo (D30) a partir de 5 cm foram mensurados. Em cada uma dessas parcelas, foi delimitada uma área de 1 m x 250 m, onde foram amostrados indivíduos com 5 cm < D30 ≥ 2 cm. O principal resultado obtido foi que o regime de fogo influenciou significativamente a estrutura atual da vegetação arbustiva-arbórea, reduzindo densidade e área basal dos indivíduos. Pode-se dizer que 45% da densidade e 44% da área basal atuais são explicados pelo número de incêndios ocorridos. A diversidade de espécies foi diferente entre as áreas analisadas e entre os períodos avaliados, mas em geral foi menor para a SCF e maior para SSF. A densidade e área basal foram maiores na SSF do que na SCF em ambos os períodos avaliados. As taxas de mortalidade superaram as taxas de recrutamento na savana de Alter do Chão, tanto na SCF quanto na SSF, o que resultou em balanço negativo entre essas taxas. Esse desbalanceamento não interferiu na ocorrência das espécies que apresentam densidade elevada e boa sobrevivência, essas conseguiram se destacar e dominar o ambiente. Em 2008, na SCF as espécies Salvertia convallariodora, Himatanthus drasticus, Anacardium occidentale, Byrsonima crassifolia e Vatairea macrocarpa foram as mais importantes, enquanto na SSF as espécies Salvertia convallariodora, Qualea grandiflora, Pouteria ramiflora, Byrsonima crassifolia e Handroanthus sp. foram as mais importantes. Em 2018, na SCF as espécies Salvertia convallariodora, Himatanthus drasticus, Anacardium occidentale, Byrsonima crassifolia, Byrsonima coccolobifolia foram as mais importantes, enquanto na SSF as espécies Salvertia convallariodora, Qualea grandiflora, Pouteria ramiflora, Byrsonima crassifolia, Tachigali vulgaris, Himatanthus drasticus, Xylopia aromatica e Simarouba amara foram as mais importantes. Considerando a estrutura observada na SCF e SSF em 2008, apesar das mudanças, as comunidades estudadas apresentaram elevada estabilidade, mantendo sua estrutura e diversidade de espécies ao longo do tempo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS BIOLÓGICASpt_BR
dc.creatorCORRÊA, Viviane Vasconcelos-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InfluenciadoFogonaEstrutura.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons