Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/657
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1OLIVEIRA JUNIOR, Raimundo Cosme de-
dc.date.accessioned2022-05-16T20:56:26Z-
dc.date.available2022-05-16T20:56:26Z-
dc.date.issued2020-02-21-
dc.identifier.citationPAULINO, Geomarcos da Silva. Avaliação dos atributos químicos e biológicos do solo em diferentes áreas de cultivo e em floresta na região Oeste do Pará. Orientador: Raimundo Cosme de Oliveira Junior. 2020 42 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Oeste do Pará, Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós Graduação e Inovação Tecnológica, Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazônia. Santarém, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/657 Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/657-
dc.description.abstractMicrobial biomass is an important biological indicator because it is sensitive to environmental changes and can provide important information about the use and proper management of the soil. Therefore, the objective of this work was to evaluate changes in soil fertility, the content of carbon, nitrogen and phosphorus in soil microbial biomass as a function of management practices and land use change, comparing agricultural areas with an area of native forest in western Pará. The soil samples were collected in eight different areas, where plots of 25x50 m were delimited in which composite samples were collected, consisting of nine simple samples per area, at depths 0-10 and 10-20 cm for analysis of chemical attributes, and for analysis of biological attributes, six samples were collected per plot, consisting of three simple samples each,atdepths of0-10and 10-20cm,makinga totalof48samples.After collection,the samples were placed in a thermal box and sent to the soil department of the Emilio Goeldi museum for analysis of the chemical and biological attributes of the soil. The data obtained were subjected to descriptive statistics, means test and graphing, in addition to these tests, Pearson linear correlation for biological attributes was performed using the Past software. The results show that the macro and micronutrients showed high variation between the studied areas, and when compared with the native forest it was found that the majority of the agricultural soils differed from the forest soil. With the exception of the fruit-growing area, all agricultural soils showed high Al levels that corroborate the high values of aluminum saturation. In all areas, the Na content was negligible. As for the biological attributes, it was found that the levels of C and P of microbial biomass in agricultural soils differed from the forest area. The highest values of C mic, N mic and P mic were in the soil under pasture (1897 µg.g-1), ILPF (64.59 mg.Kg-1) and fruit (81.56 mg.Kg-1), respectively. It is concluded that the variation of chemical attributes in soils shows that the change in land use has altered their concentrations. Most of them, even when there were no significant differences, presented values above those registered in theforest soil. And that the biological attributes of the soil, evaluated in the different land use systems, are influenced by the cover crops and management practices adopted because soils with little or no soil revolving, with high input of plant biomass and with the use of fertilizers organisms favored the increase of microbial biomass.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBiomassa microbianapt_BR
dc.subjectUso da terrapt_BR
dc.subjectFertibilidadept_BR
dc.subjectFloresta nativapt_BR
dc.titleAvaliação dos atributos químicos e biológicos do solo em diferentes áreas de cultivo e em floresta na região Oeste do Parápt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.affiliationEstudos e Manejo de Ecossistemas Amazônicospt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6425044612146340pt_BR
dc.contributor.advisor1ORCIDhttps://orcid.org/0000-0002-2735-1746pt_BR
dc.description.resumoA biomassa microbiana é um importante indicador biológico pois é sensível as alterações ambientais, podendo fornecer informações importantes sobre o uso e manejo adequado do solo. Diante disso, objetivou-se com esse trabalho avaliar as alterações na fertilidade do solo, o teor de Carbono, Nitrogênio e Fósforo da biomassa microbiana do solo em função das práticas de manejo e da mudança no uso da terra, comparando áreas agrícolas com uma área de floresta nativa na região oeste do Pará. As amostras de solo foram coletadas em oito áreas distintas, onde foram delimitadas parcelas de 25x50 m nas quais coletou-se amostra compostas constituídas por nove amostras simples por área, nas profundidades 0-10 e 10-20 cm para analises dos atributos químicos, e para análise dos atributos biológicos foram coletadas seis amostras compostas por parcela, constituídas por três amostras simples cada, nas profundidades de 0-10 e 10-20 cm, perfazendo um total de 48 amostras. Após a coleta as amostras foram acondicionadas em caixa térmica e encaminhada ao departamento de solos do museu Emilio Goeldi para análise dos atributos químicos e biológicos dos solos. Os dados obtidos foram submetidos à estatística descritiva, teste de médias e para elaboração de gráficos, além desses testes realizou-se a correlação linear de Pearson para os atributos biológicos, utilizando o software Past. Os resultados mostram que os macro e micronutrientes apresentaram alta variação entre as áreas estudadas, e quando comparadas com a floresta nativa verificou-se que em sua maioria os solos agrícolas diferiram do solo de floresta. Com exceção da área de fruticultura todos os solos agrícolas apresentaram teores de Al elevado que corroboram para os altos valores de saturação por alumínio. Em todas as áreas o teor de Na foi insignificante.Quanto aos atributos biológicos verificou-se que os teores de C e P da biomassa microbiana dos solos agrícolas diferiram da área de floresta. Os maiores valores de C mic, Nmic e P mic foram no solo sob pastagem (1897 µg.g-1), ILPF (64,59 mg.Kg-1) e fruticultura (81,56 mg.Kg-1), respectivamente. Conclui-se que a variação dos atributos químicos nos solos evidencia que a mudança no uso da terra alterou as concentrações destes. Sendo que em sua maioria, mesmo quando não houve diferenças significativas, apresentaram valores acima dos registrados no solo de floresta. E que os atributos biológicos do solo, avaliados nos diferentes sistemas de uso da terra, são influenciados pelas culturas de cobertura e pelas práticas de manejo adotadas pois solos com pouco ou nenhum revolvimento do solo, com elevado aporte de biomassa vegetal e com utilização de fertilizantes orgânicos favoreceu o aumento da biomassa microbiana.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazôniapt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS BIOLÓGICASpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoEstudos e Manejo de Ecossistemas Amazônicospt_BR
dc.creatorPAULINO, Geomarcos da Silva-
dc.publisher.departmentInstituto de Engenharia e Geociênciaspt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoDosAtributosQuimicos.pdf873,74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.