Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/798
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1SUÁREZ, Miguel Aparicio-
dc.date.accessioned2023-02-03T19:18:45Z-
dc.date.available2023-02-03T19:18:45Z-
dc.date.issued2022-11-04-
dc.identifier.citationBEMERGUY, Lila Rosa de Sousa. Imagens vividas, imagens herdadas: álbum de revelações sobre uma cidade Amazônica. Orientador: Miguel Aparicio Suarez. 2022. 203f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Sociedade) – Universidade Federal do Oeste do Pará, Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação tecnológica, Instituto de Ciências da Sociedade, Programa de Pós Graduação em Ciências da Sociedade, Santarém, 2022. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/798pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/798-
dc.description.abstractThe present research seeks to rescue and identify, from the point of view of the image, the urban transformations in the city of Santarém (PA), and to assemble a photo album resulting from these changes. The objectives include investigating the image as a form of mediation with the world; produce a way of seeing the city through visual montage and rescue from the archives of Balaio Santareno, by Emir Bemerguy, and in the work of local authors, stories and events about the city, connecting memories associated with the time interval between the images. The photographs in the collection show the urban edge of Santarém (PA) in the 1940s and 1970s. The same places were photographed again, resulting in comparative images with a look at the past, in the photographs by Vidal Bemerguy, and a contemporary look, with an interval time period of about 50 years. The investigation questions which city we currently have, within the reach of our eyes, and the events that led to this design. Seeing through images and their use as a result, and not only as a support for research, is what is proposed, in the light of authors who reflect on the act of looking and the process of apprehending the world through imagination, and who deal with the technical image (photography) as a means of producing new ways of seeing. The montage as a methodological resource allows the result open to the spectator in the construction of their own image of the city.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectImagempt_BR
dc.subjectFotografiapt_BR
dc.subjectMontagempt_BR
dc.subjectMemóriapt_BR
dc.subjectSantarém (PA)pt_BR
dc.titleImagens vividas, imagens herdadas: álbum de revelações sobre uma cidade Amazônicapt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1456308812497523pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7918232926459580pt_BR
dc.contributor.advisor1ORCIDhttps://orcid.org/0000-0003-2076-5214pt_BR
dc.description.resumoA presente pesquisa busca resgatar e identificar, sob o ponto de vista da imagem, as transformações urbanas na cidade de Santarém (PA), e montar um álbum fotográfico resultante dessas modificações. Os objetivos incluem investigar a imagem como forma de mediação com o mundo; produzir um modo de ver a cidade por meio da montagem visual e resgatar nos arquivos do Balaio Santareno, de Emir Bemerguy, e na obra de autores locais, histórias e acontecimentos sobre a cidade, conectando memórias associadas ao intervalo de tempo entre as imagens. As fotografias do acervo mostram a orla urbana de Santarém (PA) nas décadas de 1940 a 1970. Os mesmos lugares foram novamente fotografados, resultando em imagens comparativas com um olhar do passado, nas fotografias de Vidal Bemerguy, e um olhar contemporâneo, com intervalo de tempo de cerca de 50 anos. A investigação questiona qual é a cidade que temos atualmente, ao alcance dos olhos, e os acontecimentos que levaram a esse desenho. O ver por imagens e a sua utilização como resultado, e não somente como suporte da pesquisa, é o que se propõe, sob a luz de autores que refletem sobre o ato de olhar e o processo de apreensão do mundo pela imaginação, e que tratam a imagem técnica (fotografia) como um meio de produzir novas formas de ver. A montagem como recurso metodológico permite o resultado aberto ao expectador na construção de sua própria imagem da cidade.pt_BR
dc.publisher.countryBRASILpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências da Sociedadept_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS HUMANASpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoInterdisciplinarpt_BR
dc.creatorBEMERGUY, Lila Rosa de Sousa-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências da Sociedadept_BR
Appears in Collections:Dissertações em Ciências da Sociedade (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ImagensVividasImagens.pdf12,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.