Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/82
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1NEVES, Delma Pessanha-
dc.date.accessioned2021-01-08T10:29:42Z-
dc.date.available2021-01-08T10:29:42Z-
dc.date.issued2019-12-02-
dc.identifier.citationFERNANDES, Franciane de Paula. Atenção primária à saúde: práticas profissionais diferenciadas (Arapixuna, Santarém-Pa). Orientadora: Delma Pessanha Neves. 2019. 203 f. Tese (Doutorado em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento) - Programa de Pós-graduação em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/82. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/82-
dc.description.abstractThrough the study, we approached the conditions of implementation of Primary Health Care (PHC) services, and from this point of view, three associated themes emerged as axes of the issues concerning: (i) interdependence or procedural relationship between health and disease; (ii) resources of local medicine, generally qualified as folk medicine; (iii) adverse working conditions. Thus, it emerges as a general objective: Understand and reflect on the relational construction of the health and disease process from the perspective of professionals of Primary Health Care (PHC), in the Family Health Strategy, in the context of rural life, in the Rivers Region in Western Pará. For the theoretical contribution of this study, we value the theoretical and methodological contributions of Barbara Starfield, Eugênio Mendes Villaça, Milton Santos. This is a descriptive, cross-sectional study based on a qualitative approach. Qualitative data were treated through content analysis. We found that the therapeutic attention practiced in Arapixuna corresponds to a community syncretism, reflexive processes that take into account local needs and realities, such as they are collectively apprehended. There is a shared way of reflecting on life and popular knowledge among community members. We assume that it is demonstrable that at each discourse regarding the interdependence of health and disease, professionals question the link between empirical and scientific knowledge, from the institution they represent, and link this procedural relationship to the general welfare, assessed in correspondence with what supposes real and desired in the objective or daily conditions of life. We verified, as prescribed in the conception of the health program under consideration, that own, built in reference to Western medicine. There is a medicinal valuation of the plant added to the divine proposition and religious aspect, as well as the efficacy approved by the experience of use. We perceive the reflexive integration by the consideration of the great territorial and fluvial extension, circumstances highlighted by the interviewees, as much for what is known appropriate, as also by the ways of life conditioned to the nature cycle, which conditions the necessity of adequate transport, almost always imposing of relative high financial costs for the population's access to health services. The construction of the therapeutic itinerary conceived by the community does not follow hierarchies, but situational needs and opening or closing of alternatives. The following reflections were imposed: - determining factors, devices to meet the demand and the protagonism of the subjects in question. Finally, the limitations stand out, not without first considering how PHC can practice its own competencies. For this reason, PHC in the northern region, being designed by ordinances and regulations of the Ministry of Health, based on formal-legal specificities, including financial resources, which are always limited, should be based on an ideal and practical conception that considers valuation of professionals with the task of attending to so many peculiarities inherent to the population of the Amazon region. the professionals contemplated or participants of this study are provided with knowledge and resources of popular medicine, largely reflections.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectProfissionais em Serviços de Saúdept_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.subjectPesquisa Interdisciplinarpt_BR
dc.titleAtenção primária à saúde: práticas profissionais diferenciadas (Arapixuna, Santarém-Pa)pt_BR
dc.typeThesispt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8840851253152352pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6817817280647580pt_BR
dc.description.resumoPelo estudo, abordamos as condições de implementação dos serviços de Atenção Primária à Saúde (APS), e por este ponto de vista, três associados temas se impuseram como eixos das problemáticas concernentes: (i) interdependência ou relação processual entre saúde e doença; (ii) recursos da medicina local, geralmente qualificada como medicina popular, (iii) as condições adversas do trabalho. Assim, emerge como objetivo geral: Compreender e refletir sobre a construção relacional do processo saúde e doença segundo a ótica dos profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS), na Estratégia Saúde da Família, em contexto de vida rural, na Região de Rios no Oeste do Pará. Para o aporte teórico deste estudo, valorizamos as contribuições teóricas e metodológicas de Barbara Starfield, Eugênio Mendes Villaça, Milton Santos. Trata-se de um estudo descritivo, transversal, fundamentado em abordagem qualitativa. Os dados qualitativos, foram tratados por meio de análise de conteúdo, segundo Bardin, 2011. Constatamos que a atenção terapêutica praticada em Arapixuna corresponde a um sincretismo comunitário, processos reflexivos que levam em conta as necessidades e realidades locais, tais como são coletivamente apreendidas. Há um modo compartilhado de refletir sobre a vida e os saberes populares entre comunitários. Supomos ser demonstrável que a cada discurso referente à interdependência saúde e doença, os profissionais colocam em questão o elo entre conhecimento empírico e científico, provenientes da instituição que representam, bem como vinculam essa relação processual ao bem-estar geral, avaliado em correspondência ao que supõe real e desejado nas condições objetivas ou cotidianas de vida .Verificamos, tal como preceituado na concepção do programa de saúde em apreço, que os profissionais contemplados ou participantes deste estudo são providos de conhecimentos e recursos da medicina popular, em boa parte reflexões próprias, construídas em referência à medicina ocidental. Há uma valoração medicinal da planta agregada à proposição divina e ao aspecto religioso, assim como a eficácia aprovada pela experiência do uso. Percebemos a integração reflexiva pela consideração à grande extensão territorial e fluvial, circunstâncias destacadas pelos entrevistados, tanto pelo que se sabe apropriado, como também pelos modos de vida condicionados ao ciclo da natureza, que condiciona a necessidade de transportes adequados, quase sempre impositivos de relativos altos custos financeiros para o acesso da população aos serviços de saúde. A construção do itinerário terapêutico concebido pelos comunitários não segue hierarquias, mas situacionais necessidades e abertura ou fechamento de alternativas. Impuseram-se então as reflexões: - fatores determinantes, dispositivos para atendimento da demanda e o protagonismo dos sujeitos em questão. Por fim, destacam-se as limitações, não sem antes considerar como a APS consegue praticar o que a ela compete. Por isso mesmo, a APS na região norte em sendo desenhada por portarias e normativas do Ministério da Saúde, a partir de especificidades formais-legais, incluindo os recursos financeiros, que são sempre limitados, deve se pautar em concepção ideária e prática que considere a valoração de profissionais com a incumbência de atender a tantas peculiaridades inerentes à população da região amazônica.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Sociedade, Natureza e Desenvolvimentopt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADASpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoSOCIEDADE, NATUREZA E DESENVOLVIMENTOpt_BR
dc.creatorFERNANDES, Franciane de Paula-
dc.publisher.departmentInstituto de Biodiversidades e Florestaspt_BR
Appears in Collections:Teses em Sociedade, Natureza e Desenvolvimento (Doutorado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AtencaoPrimariaaSaude.pdf3,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons