Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/496
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1MOURA, Heliud Luis Maia-
dc.date.accessioned2021-03-19T19:16:25Z-
dc.date.available2021-03-19T19:16:25Z-
dc.date.issued2019-12-09-
dc.identifier.citationARAÚJO, Adalzinda Pinto. Gêneros e Atividades Didáticas Integradas (ADIs): uma proposta na concepção dialógica de linguagem para o ensino fundamental II. Orientador: Heliud Luis Maia Moura. 2019. 156 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) - Programa de Mestrado Profissional em Letras em Rede Nacional, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2019. Disponível em: Acesso:pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/496-
dc.description.abstractThis research arose from a concern of mine as a research teacher in the teaching environment – the difficulties presented by students to expressing themselves in a reasoned way, through the public written and/or oral discursive genres. In order to contribute to the strengthening of Portuguese language teaching and the significant learning of students, the object of this study is the proposal of teaching Integrated Didactic Activities (IDAs) elaborated by Moura (2017), which integrates the spaces of oral language, reading, writing and linguistic reflection contained in discursive genres. In the theorical aspect, I’ll find support on the contribution of Bakhtin's postulates (2011, 2016, 2017); Volóchinov (2017); Vygotsky (2008, 2018) for the understanding of language, discursive gender, utterance and dialogism as elements of interaction between subject-student, subject-teacher and the object of knowledge that generates learning. Following, I consider Moura's studies (2016, 2017, 2018); Brait's (2018); Faraco (2009); Rego (2012); Kleiman (1999,1995, 2008); Fiorin (2011); Marcuschi (1997, 2007, 2008) and Antunes (2016. Supported by the studies of Thiollent (1986) the action-research guide the interventional practice in the 6th grade classes in the state school, in the interior of the Amazon. The analyzed data showed that by integrating the spaces of language on the themes that emerge from oral and written discursive genres, students begin to interact more in the discussions. The Linguistic reflection demonstrates, from the written production of the student, reflecting on the context of language in use. In the final considerations, I present the main situations detected in the researched environment and some propositions and inquiries.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Oeste do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectADIspt_BR
dc.subjectAtividades Didáticas Integradaspt_BR
dc.subjectEnsino de língua portuguesapt_BR
dc.subjectLinguagempt_BR
dc.subjectDialogismopt_BR
dc.titleGêneros e Atividades Didáticas Integradas (ADIs): uma proposta na concepção dialógica de linguagem para o ensino fundamental IIpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0564329735793616pt_BR
dc.description.resumoA presente pesquisa surgiu de uma inquietação minha como professora-pesquisadora no ambiente de ensino – as dificuldades apresentadas pelos alunos para expressar de forma fundamentada, por meio dos gêneros discursivos escritos e/ou orais públicos. Com intuito de contribuir para o fortalecimento do ensino de língua portuguesa e a aprendizagem significativa dos alunos tem-se como objeto desse estudo, a proposta de ensino Atividades Didáticas Integradas (ADIs) elaborada por Moura (2017), que integra os espaços de linguagem oralidade, leitura, escrita e reflexão linguística contidos nos gêneros discursivos. No aporte teórico apoio-me nos postulados de Bakhtin (2011, 2016, 2017); Volóchinov (2017); Vygotsky (2008, 2018) para a compreensão de linguagem, gênero discursivo, enunciado e dialogismo como elementos de interação entre sujeito-aluno, sujeito-professor e o objeto do conhecimento. Seguindo, considero os estudos de Moura (2016, 2017, 2018); Brait (2018); Faraco (2009); Rego (2012); Kleiman (1999,1995, 2008); Fiorin (2011); Marcuschi (1997, 2007, 2008) e Antunes (2016). Apoiada nos estudos de Thiollent (1986), a pesquisa-ação norteia a prática interventiva nas turmas de 6º ano de uma escola estadual, no interior do Os dados analisados demonstram que ao integrar os espaços de linguagem aos temas que emergem dos gêneros discursivos, os alunos passam a interagir mais nas discussões. A reflexão linguística, a partir da produção escrita do aluno, reflete sobre o contexto de uso da língua. Nas considerações finais, apresento as principais situações detectadas no ambiente pesquisado e algumas proposições e indagações.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Letras em Rede Nacionalpt_BR
dc.publisher.initialsUFOPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIÊNCIAS HUMANASpt_BR
dc.subject.linhadepesquisaTEORIAS DA LINGUAGEM E ENSINOpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoLINGUAGENS E LETRAMENTOSpt_BR
dc.creatorARAÚJO, Adalzinda Pinto-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências da Educaçãopt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Letras em Rede Nacional (Mestrado Profissional)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_GeneroseAtividadesDidaticas.pdf3,71 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons