Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/331
Title: Estudos hidro-climatológicos da bacia do Rio Curuá–Una: aplicação do modelo de grandes bacias (MGB–IPH)
metadata.dc.creator: JATI, Daniel Alves
Keywords: Uso e Ocupação do Solo;Regime de Vazão;Modelagem Hidrológica;MGBIPH
Issue Date: 10-Jan-2017
Publisher: Universidade Federal do Oeste do Pará
Citation: JATI, Daniel Alves. Estudos hidro-climatológicos da bacia do Rio Curuá-Una: aplicação do modelo de grandes bacias (MGB–IPH). Orientador: Júlio Tota da Silva. 2017. 74 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais da Amazônia) - Programa de Pós-graduação em Recursos Naturais da Amazônia, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/331. Acesso:
Abstract: The Hydraulic Concepts Model Distributed from Large Basins of the Hydraulic Research Institute (MGB-IPH) is a rainfall-type model validated in several basins in South America, including several rivers in the Amazon Basin. The inputs of the model are climatological, pluviometric, relief and soil cover data. This study intends to test the sensitivity of the model in extreme scenarios of soil use and occupation, changes in precipitation and mean air temperature; Characterize aspects related to geohydrology, morphology and morphometry of the Curuá-Una river basin, located to the southeast of Santarém-Pará, concomitantly, to evaluate the influence of changes in land use and occupation occurring in the basin between 1985 and 2015 in the regime Water. In preprocessing the software was used MapWindow-GIS and plug-in IPH-Hydro Tools, and in the MGB-IPH plugin processing. In the sensitivity test of soil use and occupation the results showed that low vegetation and anthropization increase the maximum peaks of flow; In periods of low Amazon rainfall, the low vegetation scenario has a higher flow rate and the medium and high vegetation scenario prevents intense flooding. In the tests of changes in the precipitation regime, a reduction of 50% of rainfall reduced the flow by 32%, and the increase of 50% of rainfall increased the flow by 218.6%. However, in the tests of increase of the mean air temperature the results did not show significant responses in the flow regime, however, this scenario, added with the increase and/or decrease of the precipitation regime, was presented as attenuator for both floods and droughts. The characterization of the Curuá-Una basin allowed the generation of base data capable of describing the hydrological behavior of the region and important metric data for space demarcation in decision-making, and the estimated drainage area design had a value of 17, 351.34 Km2 and maximum width = 125.78 km; The classifications of land use and occupation showed that the middle and high vegetation class suffered a reduction of 10.76%, and the anthropogenic and soil class increased by 8.52% between 1985 and 2015; The type of yellow latosol soil covers an area of 833.64 km2. The results for the evaluation of the influence of changes in land use and occupation between 1985 and 2015 in the water regime showed that the influence is not significant in the basin scale.
metadata.dc.description.resumo: O Modelo Hidrológico Conceitual Distribuído de Grandes Bacias do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (MGB-IPH) é um modelo do tipo chuva-vazão validado em diversas bacias da américa do sul, inclusive, em rios da bacia amazônica. As entradas do modelo são dados climatológicos, pluviométricos, relevo e cobertura do solo. Pretende-se neste estudo testar a sensibilidade do modelo em cenários extremos de uso e ocupação do solo, alterações na precipitação e temperatura média do ar; caracterizar aspectos relacionados a geo-hidrologia, morfologia e morfometria da bacia hidrográfica do rio Curuá-Una, localizado a sudeste de Santarém-Pará, concomitantemente, avaliar a influencia das modificações de uso e ocupação do solo, ocorridas na bacia entre 1985 e 2015, no regime hídrico. No pré-processamento utilizou-se o software MapWindow-GIS e o plugin IPH-Hydro Tools, e no processamento o plugin MGB-IPH. No teste de sensibilidade de uso e ocupação do solo os resultados mostraram que vegetação baixa e antropização aumentam os picos máximos de vazão; em períodos de cheia amazônica com ocorrência de baixa precipitação, o cenário vegetação baixa possui maior vazão e o cenário vegetação média e alta evita cheias intensas. Nos testes de mudanças no regime de precipitação a diminuição de 50% de chuvas reduziu a vazão em 32%, e o aumento de 50% de chuvas aumentou a vazão em 218, 6%. Já nos testes de aumento da temperatura média do ar os resultados não mostraram respostas significativas no regime de vazão, porém este cenário, somado com o aumento e/ou diminuição do regime de precipitação, se apresentou como atenuador tanto para as cheias quanto para as secas. A caracterização da bacia do Curuá-Una possibilitou geração de base dedados capazes de descrever o comportamento hidrológico da região e dados métricos importantes para demarcação de espaços em tomadas de decisões, sendo que o delineamento da área de drenagem estimado possui valor de 17.351, 34 km2 e largura máxima = 125, 78 km; as classificações de uso e ocupação do solo apresentaram que a classe vegetação média e alta sofreu redução de 10, 76%, e a classe antropização e solo exposto aumento de 8, 52% entre 1985 e 2015; o tipo de solo latossolo amarelo abrange uma área de 833, 64 km2. Os resultados para a avaliação da influencia das mudanças do uso e ocupação do solo, ocorridas entre 1985 e 2015, no regime hídrico mostraram que a influencia não é significativa na escala da bacia.
URI: https://repositorio.ufopa.edu.br/jspui/handle/123456789/331
Appears in Collections:Dissertações em Recursos Naturais da Amazônia (Mestrado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudosHidro-climatologicosdaBacia.pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons